Gigantes do Mundo
Faça Sua Pesquisa

As 10 maiores antenas parabólicas do mundo

Em busca de estudos científicos e astronômicos, o homem vem criando telescópios e antenas cada vez mais poderosos. Veja a lista das maiores antenas parabólicas que possuem o maior diâmetro:

1 - Arecibo Observatory - Porto Rico
 
Diâmetro = 305 metros
É o maior prato curvo com foco da Terra, localizado no Observatório de Arecibo, perto da cidade de mesmo nome, em Porto Rico. Operado pela SRI International, é um instituto de pesquisa da Universidade de Stanford com a supervisão da National Science Foundation. Sua função é a radioastronomia, observações de radar do sistema solar e estudo das atmosferas de outros planetas. Foi construído em 1963 dentro de uma depressão em um sumidouro natural.


 2 - Green Bank Telescope – Estados Unidos
 
Diâmetro = 100 metros
O Robert C. Byrd Verde Telescópio Banco está localizado em Virgínia Ocidental, Estados Unidos, situado no meio de uma uma área de transmissões de rádio limitadas ou proibidas. Foi concluído em 2002, levou 11 anos para ser construído. É um telescópio totalmente dirigível e já fez várias descobertas notáveis, incluindo a descoberta de gás de hidrogênio baseados em Ophiuchus "superbolha", localizado a 23 mil anos-luz de distância.


 3 - Effelsberg Radio Telescope - Alemanha

Diâmetro = 76 metros
O Telescópio de rádio Effelsberg está situado em uma aldeia no sudeste de Bad Munstereifel, cidade a oeste da Alemanha. Foi construído entre 1968 e 1971 e é operado pelo Instituto Max Planck de Radioastronomia de Bonn. Equipado para observar pulsares, formações de estrelas e os núcleos de galáxias distantes.


4 - Lovell Telescope - Inglaterra
 
Diâmetro = 76 metros
O telescópio Lovell do Reino Unido é um rádio telescópio localizado no Observatório Jodrell Bank, no noroeste da Inglaterra. Construído em 1955, teve entre as realizações mais notáveis a confirmação da existência do pulsar. O Telescópio Lovell também foi fundamental na descoberta dos quasares - extremamente luminosos corpos celestes pensado para estar entre o objeto mais distante no Universo.


5 - Yevpatoria Radio Telescope - Ucrânia
 
Diâmetro= 70 metros
O telescópio Yevpatoria RT-70 de rádio é um telescópio de rádio e radar planetário do Centro de comunicações espaciais Yevpatoria, em Criméia, Ucrânia. Ele tem uma vantagem em comparação com outros grandes radiotelescópios por que o complexo inclui transmissores potentes que permitem experiências espaciais ativas com feixes eletromagnéticos, sendo um dos dois únicos no mundo capazes de transmitir mensagens de civilizações extraterrestres.


6 - Goldstone Deep Space Communications Complex – Estados Unidos 
Diâmetro = 70 metros 
 Conhecido como o Observatório Goldstone, está situado na vastidão do deserto do Mojave, na Califórnia. É um telescópio de rádio de alta sensibilidade que fornece informações que ajudam no mapeamento dos quasares, cometas, planetas, asteroides, entre outros. 


7 - Parkes Observatory - Austrália

Diâmetro = 64 metros 
O observatório Parkes está localizado na Austrália, foi concluído em 1961 e foi um dos vários receptores de rádio usados para captar transmissões de TV ao vivo do pouso lunar em 1969. Forneceu a NASA informações valiosas durante suas missões lunares. Mais recentemente, entre 1997 e 2002, participou da maior pesquisa em busca de galáxias neutras de hidrogênio atômico. 


8 - Large Millimeter Telescope - México

Diâmetro = 50 metros 
O Grande Telescópio Milimétrico do México (LMT) foi inaugurado em 2006, constituindo o maior e mais ágil telescópio de abertura para a observação de ondas de rádio em sua faixa de freqüência própria. Fornece aos astrônomos informações valiosas sobre a formação de estrelas. É um projeto conjunto mexicano e norte-americano, que custou US$ 116 milhões e levou 10 anos para ser construído. Está localizado no estado de Puebla e fica em cima da Serra Negra, montanha mais alta quinta do México. 


9 - Algonquin Radio Observatory - Canadá
Diâmetro = 46 metros 
O Algonquin Rádio Observatório está localizado no parque Algonquin, em Ontário, Canadá. Tornou-se famoso na década de 1960 por sua participação nos primeiros testes bem-sucedidos de uma técnica conhecida como "interferometria de base muito longa" (VLBI), que permite que as observações simultâneas de um objeto por muitos telescópios possam ser combinados levando a resultados muito mais poderosos. Hoje em dia, funciona como um ponto de controle para GPS e é operado por Thoth Tecnologia. 


 10 - The Dish Telescope – Estados Unidos

Diâmetro = 46 metros 
Localizado no sopé de Stanford, Califórnia, o rádio-telescópio é um marco visitado por cerca de 1.500 pessoas todos os dias, por estar num local popular para os caminhantes e corredores. Construído em 1966, foi inicialmente destinado a estudo sobre a composição química da atmosfera, hoje está operacional, usado por acadêmicos e outros pesquisadores.

2 comentários:

  1. impressionante!
    imagine quantos cálculos são feitos para determinar um foco perfeito...

    ResponderExcluir
  2. uallllll quanto trabalho imagine O_o

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...