Gigantes do Mundo

26/09/2011

O maior buraco do mundo escavado pelo homem

A Mina de Bingham Canyon , também conhecida como a mina de cobre Kennecott , é a mais profunda mina a céu aberto do mundo e também o maior buraco escavado pelo homem.


A mina está em produção desde 1906, e resultou na criação de uma cratera de 4 km de largura e 1,200 m de profundidade, numa área de 7,7 km².


A mina é tão grande que pode ser vista facilmente da Estação Espacial Internacional, ISS, quando cruza os EUA.


Em busca do precioso metal, a mina continua sendo escavada, e até 2015 terá 1360 metros de profundidade.


A mina opera a extração de um grande depósito de cobre pórfiro, e está situada no sudoeste de Salt Lake City , Utah , EUA, nas Montanhas Oquirrh.


As operações de cobre em Bingham Canyon Mine são gerenciados através Kennecott Utah Copper Corporation, que opera a mina, uma planta concentradora, uma fundição e uma refinaria.


Durante a sua vida, Bingham Canyon tem provado ser uma das minas mais produtivas do mundo. A partir de 2004, o minério da mina rendeu mais de 17 milhões de toneladas.


Cumulativamente, Bingham Canyon produziu mais cobre do que qualquer outra mina nos EUA, mas em produção anual foi ultrapassada por minas no Chile, Indonésia , Arizona e Novo México.


O valor de metais produzidos em 2006, na Bingham Canyon EUA, foi de 1,8 bilhões dólares de dólares.


Emprega 1.800 funcionários e centenas de empreiteiros, são 450.000 toneladas de material removidos diariamente.


Para o transporte do material de dentro das escavações são usados caminhões especiais, gigantes. Em cada viagem, cada um deles carrega aproximadamente 300 toneladas de material e de acordo com o fabricante, cada pneu custa o equivalente a 25 mil dólares.

Localização por satélite

Exibir mapa ampliado

1 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acompanhar novas postagens deste site